Piano Tão Seu – com Henrique Portugal (Skank)

 
Captura de Tela 2013-08-06 às 01.40.35

 

 

Eu sei, ando super sumida daqui! Mas não os esqueci, e muito menos nossos pianos queridos. É só a vida que anda meio maluca comigo. De qualquer forma, estamos planejando uma reformulação para nossos posts, então tem novidade vindo por ai!

Enquanto isso, postarei um episódio atípico, mas incrível que aconteceu há um tempinho atrás e revelo agora para inaugurar a nova fase em grande estilo.

Em caráter mais do que extraordinário teremos hoje a participação do querido Henrique Portugal, tecladista do Skank!!!  O encontro se deu por intermédio da agência Ampfy, antenada nas redes sociais. Henrique além de fã do blog, nos contou como achou o piano dele. Quem já comprou um piano, ou está em processo de compra, sabe o quanto ele pode ser demorado. São muitas visitas a casas de afinadores e restauradores para achar a tampa da sua panela musical. E quando você bate o olho no cara, como mágica, o piano parece ter esperado por você a vida toda.

Dentre os incontáveis hits do Skank, escolhemos uma das minhas preferidas “Tão Seu”, mas em um arranjo novo que o Henrique, que tocou teclado, sugeriu. O resultado ficou muito legal e a música ficou com outra cara. Conversamos sobre todos os temas que envolviam o mundo das teclas, e descobri que ele, como eu, também é fã absoluto do Stevie Wonder…já dei uma dica da outra música que tocamos, que eu vou postar mais pra frente hein…

A história do piano do Henrique comprova uma das teorias do blog que cada piano leva consigo todos os seus donos anteriores. Quem toca e tem carinho pelo seu instrumento sabe disso.

Pra mim, que estou começando nessa vida artística, é uma honra tocar com o Henrique, além de sua super carreira, teve a simpatia e a generosidade de compartilhar comigo histórias de pianos e música. Henrique, meu muito obrigada!

Um beijo, até o próximo piano !

Ps: Um beijo imenso para o Gabriel Borges e a galera da Ampfy que tornou esse encontro possível. E outro para a Oca Casa de Som, Conrado Goys e Rodrigo Funai, um abraço!

Ps2: Bloguinho é materia da revista da Livraria Cultura este mês! Corre lá pra ver!